Clique Aqui para comprar a versão impressa do livro.

 Sinopse

Minha casa situa-se no povoado de São José na cidade de Quilombo, do estado de Santa Catarina, Brasil. Quilombo tem pouco mais de 9 mil habitantes — bem vai ter um a menos agora — é bem provável que o meu corpo imóvel, aqui será esquecido. A louca da casa verde, como fui chamada nos últimos trinta anos, não irá mais ao mercado mais movimentado da cidade e ninguém mais cochichará quando ela passar. Eu sou a louca da casa verde ou Alifás Paraventi, que melancolicamente morre aos 90 anos, numa sexta-feira, 19 de outubro de 2018 às 17h24 minutos.

Collonna

R$22,00
Collonna R$22,00
 Clique Aqui para comprar a versão impressa do livro.

 Sinopse

Minha casa situa-se no povoado de São José na cidade de Quilombo, do estado de Santa Catarina, Brasil. Quilombo tem pouco mais de 9 mil habitantes — bem vai ter um a menos agora — é bem provável que o meu corpo imóvel, aqui será esquecido. A louca da casa verde, como fui chamada nos últimos trinta anos, não irá mais ao mercado mais movimentado da cidade e ninguém mais cochichará quando ela passar. Eu sou a louca da casa verde ou Alifás Paraventi, que melancolicamente morre aos 90 anos, numa sexta-feira, 19 de outubro de 2018 às 17h24 minutos.